Internacional

Bolsonaro diz que Brasil se comportou "muito bem" no combate à pandemia

O Brasil é um dos três países mais afetados pela pandemia a nível mundial, ainda assim, o discurso de Bolsonaro parece não refletir os dados desta crise sanitária.


O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, considerou, esta terça-feira, que o país se “comportou muito bem” no combate à pandemia de covid-19.

As declarações do chefe de Estado Brasileiro foram feitas no Bahrein, num encontro organizado pela Câmara de Comércio Árabe-Brasileira, naquela que é uma viagem para atrair investidores no Médio Oriente.

“O Brasil foi um dos cinco países que melhor se comportou na economia durante a pandemia. E também se comportou muito bem no combate ao vírus”, disse Bolsonaro, que continua a fazer declarações polémicas sobre a crise pandémica e que, por várias vezes, promoveu ajuntamentos, criticou o uso de máscara e defende que não se irá vacinar.

Sublinhe-se que o Brasil soma, desde o início da pandemia, 21,9 milhões de casos confirmados e 611,3 mil vítimas mortais, e é um dos três países mais afetados no mundo pela covid-19, ao lado dos Estados Unidos e da Índia.

Além disso, o relatório final da Comissão Parlamentar de Inquérito da covid-19, encaminhado para a Procuradoria-Geral da República brasileira, pediu que Bolsonaro fosse indiciado por nove crimes durante a pandemia.