Sociedade

Pessoas com 65 ou mais anos podem agendar dose de reforço da vacina da covid-19 e também da gripe

Também está disponível o agendamento local para os utentes elegíveis e ainda o sistema de Casa Aberta para pessoas com 75 ou mais anos, confirma a DGS.


As pessoas com 65 ou mais anos já podem agendar o dia para tomar a dose de reforço da vacina contra a covid-19 e também contra a gripe, anunciou a Direção-Geral da Saúde (DGS), esta quinta-feira. 

De acordo com um comunicado da DGS, enviado à redação do Nascer do Sol, os "utentes poderão selecionar o local e a data para a vacinação mais conveniente para si" no site da autoridade de saúde a partir de hoje. 

E também está disponível o agendamento local para os utentes elegíveis e ainda o sistema de Casa Aberta para pessoas com 75 ou mais anos, confirma a DGS. "São elegíveis para a dose de reforço no regime de “Casa Aberta” os utentes que não tiveram COVID-19 e já completaram o esquema vacinal há pelo menos 180 dias", indica. 

Neste caso, a autoridade recomenda os utentes "a consultar o horário de funcionamento Centro de Vacinação da sua área de residência" antes de se deslocarem ao local, através deste site.

No entanto, a DGS deixa uma nota de aviso a indicar que as pessoas continuam a ser convocadas através de uma SMS para a coadministração da vacina da covid-19 e da gripe ou apenas para a vacina contra a gripe, caso não estejam elegíveis para a da covid-19. 

"A vacinação é a melhor forma de proteção dos mais vulneráveis, especialmente nesta altura do ano, em que as temperaturas são mais baixas", lê-se ainda no comunicado. 

Neste momento, segundo os dados da DGS, 608.600 pessoas já tem administrada a terceira dose ou dose adicional da vacina contra a covid-19. Já da vacina da gripe, 1.371.000 doses foram inoculadas, das quais 370.259 em farmácias e 393.000 em coadministração. ​