Cultura

Rapper Young Dolph morto a tiro aos 36 anos

O rapper norte-americano Young Dolph, que teve três álbuns a alcançar o top-10 da lista Billboard 200, estava dentro de uma loja de biscoitos em Memphis quando foi baleado. O atirador encontra-se em fuga.  


Dolph estava à porta de uma loja de bolachas na sua cidade natal, Memphis, no Tennessee, na passada quarta-feira, quando foi morto a tiro. As autoridades continuam a realizar buscas para deter o atirador que se encontra em fuga.

"A trágica morte a tiro do artista rap Young Dolph serve como um lembrete da dor que o crime violento traz consigo", reagiu o presidente da Câmara de Memphis, Jim Strickland, em comunicado.

Segundo o jornal Daily Memphian, que citou um primo de Young Dolph, o artista estaria na cidade desde segunda-feira em visita a uma tia que sofre de cancro e também para distribuir perus para o Dia de Ação de Graças. “Ele estava dentro do estabelecimento e alguém se aproximou e simplesmente tirou a sua vida”, revelou. 

A polícia local destacou através do Twitter que não há nenhuma informação sobre o tiroteio que decorreu na cafetaria Makeda’s Cookie’s, perto do Aeroporto Internacional de Memphis.

Na semana passada, a mesma cafetaria divulgou um vídeo através do Instagram com o rapper a promover os biscoitos e a afirmar que visita a loja sempre que está em Memphis, noticia a agência AP.

Young Dolph, que cantava sobre vida de rua, gangues e tráfico de droga, já tinha sobrevivido a outros tiroteios. Em setembro de 2017, o rapper foi baleado após uma discussão num hotel de Los Angeles. Em fevereiro do mesmo ano, o seu carro tinha sido atingido mais de 100 vezes.