Economia

Montepio. Lista B apresentou candidatura

O candidato defende uma ‘inversão ao caminho que tem sido seguido’ pela atual administração e acena com um parceiro para o banco. 


Pedro Corte Real que encabeça a lista B  à liderança da Associação Mutualista Montepio Geral já oficializou a sua candidatura. De acordo com o candidato, é preciso fazer uma «inversão ao caminho que tem sido seguido», uma vez que, acredita que o grupo poderá estar «numa situação de não ser capaz de responder aos compromissos que assumiu perante os seus associados».

Corte Real diz que esta situação é evidenciada «pelos auditores nas reservas às contas, que são públicas», onde existe uma «incerteza material relacionada com a continuidade».

E apesar de considerar que o Banco Montepio está sólido defende que é «precisa de capital para a sua atividade que não tem neste momento e, em cima disso, a Associação Mutualista também não pode acudir ao banco». Mas deixou um alerta: «Terá de ser um parceiro que olhe para estas parcerias no longo prazo e que perceba que está a fazer uma parceria com um banco que é detido por uma associação mutualista». 

 As eleições estão marcadas para 17 de dezembro. A par de Corte Real concorrem também Virgílio Lima (lista A), Eugénio Rosa (lista C) e Pedro Gouveia Alves (lista D).