Sociedade

SEF detém homem condenado por homicídio e procurado pela Interpol

Cidadão de 45 anos tinha sido sujeito a uma pena de prisão de 12 anos.


O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) deteve estar terça-feira, em Cascais, um cidadão estrangeiro de 45 anos, condenado pelo crime de homicídio no país de origem, tendo este sido sujeito a uma pena de 12 anos de prisão.

De acordo com um comunicado, o SEF informa que o homem tinha um mandado de detenção da Interpol para extradição.

“Durante as investigações levadas a cabo pelo SEF foi possível perceber que este cidadão estrangeiro é, ainda, suspeito do crime de violência doméstica num processo a decorrer em Portugal. Foi detido e será presente a autoridade judicial para aplicação das medidas de coação”, lê-se ainda na informação divulgada.