Desporto

Liga dos Campeões. 'Dragões' e 'leões' na busca pela glória

Hoje é dia de Liga dos Campeões. Após o duelo entre Barcelona e Benfica, é a vez de o FC Porto mostrar o que vale em Anfield e tentar contrariar o favoritismo do Liverpool. Já o Sporting recebe o Borussia Dortmund em Alvalade.


Ai os corações a palpitar, as vontades de gritar, os saltos nos sofás e as pipocas a voar. É semana de Liga dos Campeões e as emoções estão ao rubro.

Depois de novo confronto entre Barcelona – desta vez com Xavi ao comando – e Benfica, ontem, hoje é a vez de FC Porto e Sporting, respetivamente, protagonizarem mais um episódio nas suas vidas europeias. E que dois rivais que estas equipas portuguesas terão pela frente.

O FC Porto estará, em Anfield, frente aos poderosos reds do Liverpool, que causaram desastre no Dragão, em setembro, quando bateram os azuis-e-brancos por 5-1. O peso na consciência perdura, mas dois meses se passaram desde essa fatídica noite no Porto, e o emblema treinado por Sérgio Conceição está prestes a tentar, novamente, a sua sorte com os ingleses.

Quem não estará em Liverpool, no entanto, será Marcano, que falhará a presença na cidade inglesa com a comitiva portista. O anúncio foi feito pelo próprio Sérgio Conceição, na antevisão da partida, que esclareceu a situação de outra peça chave da equipa: Pepe vai viajar, mas estará também, até à última hora, a tentar recuperar um jogador “que, não só dentro de campo, mas também no balneário tem um peso extremamente importante para os colegas”.

O técnico portista mostrou-se confiante, garantindo ter ‘corrigido’ os erros cometidos frente aos reds em setembro. “O primeiro jogo já foi há algum tempo. Já o dissecámos, corrigimos e trabalhámos em cima de alguns erros. Não podemos controlar o que o adversário vai fazer. Temos de olhar para um lote de grandíssimos jogadores. Na minha opinião, e já o disse várias vezes, são uma das melhores equipas do mundo”, augurou Conceição, que apontou para este como um dos jogos mais decisivos desta fase de grupos da Liga dos Campeões. “Na antevisão ao jogo com o Milan, o primeiro, já tinha dito que acreditava que, sobre a equipa que vai passar em segundo lugar, tudo se vai decidir no último jogo do grupo. É essa a minha convicção.”

Recorde-se, no entanto, que se os ‘dragões’ vencerem em Anfield, e se o Atlético de Madrid sair derrotado do confronto com o AC Milan, em Madrid, o FC Porto ficará já hoje com um lugar garantido nos oitavos-de-final da Liga dos Campeões.

‘LEÕES’ NA LUTA Quarta-feira é, ainda assim, dia de dose dupla. Se os ‘dragões’ travam a sua batalha europeia em Inglaterra, os ‘leões’ lutam em casa, frente aos alemães do Borussia Dortmund.

O Sporting tem, nesta partida, a oportunidade de garantir um lugar nos oitavos-de-final da Liga dos Campeões. Para tal, terá vencer o Borussia Dortmund por, pelo menos, dois golos de diferença. Por outro lado, no entanto, uma derrota frente aos alemães – que não poderão contar com Hazard devido a infeção por covid-19 do jogador – significará o fim do sonho ‘leonino’ na liga milionária, pelo menos nesta temporada.

Contas difíceis para os campeões em título portugueses, que, na Alemanha, acabaram derrotados por 1-0, em setembro, e que não vão poder contar com Rúben Vinagre e Jovane Cabral. Nenhum dos dois ‘leões’ esteve no derradeiro treino antes da receção aos alemães, na terça-feira de manhã. Vinagre fez uma entorse no tornozelo esquerdo antes do jogo com o Varzim, a contar para a Taça de Portugal, e Jovane sofreu uma lesão no ligamento colateral lateral do joelho esquerdo no mesmo jogo.

Quem, no entanto, se mostrou a 100%, foi o capitão Coates, dando um fôlego aos verdes-e-brancos para este confronto.

Um confronto para o qual Rúben Amorim, em antevisão, se mostrou confiantes, garantindo que a equipa “é sempre capaz de fazer mais e melhor”. “O jogo de lá foi bem conseguido defensivamente, ofensivamente temos de ser muito melhores, porque precisamos do resultado”, continuou o técnico.