Internacional

Sismo de magnitude 7,5 abala norte do Peru

Horas antes já tinha sido sentido outro abalo na capital e na costa central do país.


Um sismo de magnitude prelimar de 7,5 graus abalou este domingo o norte do Peru. A informação foi revelada pelo Serviço Geológico dos Estados Unidos (United States Geological Survey - USGS), sem que fosse, para já, emitido um alerta de tsunami.

O tremor deu-se no bar, pelas 5h52 locais (10h52 em Portugal Continental), a uma profundida de 112,5 quilómetros, com epicentro a cerca de 42 quilómetros de Barranca, capital da província homónima, situada no Departamento de Lima, na zona central do Peru.

Desconhecem-se, por agora, mais promenores. 

Horas antes, pelas 1h32 locais (6h32 em Portugal Continental), a capital do país, Lima, e a costa central do Peru já tinham sido abaladas por um sismo de magnitude de 5,2 na escala de Ritcher, desconhecendo-se, para já, a existência de vítimas ou danos materiais.

De acordo com dados do Instituto Geofísico peruano, o epicentro deste fenómeno foi situado a 44 quilómetros a oeste da Callao, cidade protuária próxima de Lima. 

O abalo registou-se a 65 quilómetros de profundidade, tendo sido sentido com grande intensidade pelos habitantes de Lima e de Callao. Muitos deles abandonaram inclusive as suas residências devido à duração do sismo, que se prolongou por cerca de 30 segundos. 

A Direção de Hidrografia e Navegação da Marinha de Guerra do Peru indicou que o sismo não gerou qualquer alerta de um possível 'tsunami'.

O Peru encontra-se na denominada zona da Cintura do Fogo do Pacífico, onde ocorre cerca de 80% da atividade sísmica mundial.

Os comentários estão desactivados.