Cultura

Casa de Marilyn Manson alvo de buscas

À revista People, as autoridades de Los Angeles confirmaram que as buscas estão relacionadas com as acusações de abuso sexual que recaem sobre o músico.


De acordo com a publicação People, a casa de Marilyn Manson em Hollywood foi alvo de buscas por parte da polícia de Los Angeles na passada segunda-feira, 29 de novembro, e estão relacionadas com as acusações alegado abuso sexual que recaem sobre o músico norte-americano.

De seu nome verdadeiro Brian Hugh Warner, conhecido artisticamente por Marilyn Manson, já foi acusado por 15 mulheres de abuso sexual e violência doméstica, incluindo a atriz Evan Rachel Wood, sua ex-mulher.

A primeira publicação a dar conta da ação policial, TMZ, revela que o músico, atualmente com 52 anos, não estava em casa na altura em que foram realizadas as buscas. Nesse dia, foram apreendidos computadores que vão agora ser analisados pelas autoridades. A polícia de Los Angeles emitirá esta terça-feira um comunicado oficial sobre as buscas e deverá adiantar mais alguns pormenores sobre a investigação. 

Foi no início de fevereiro que o cantor foi acusado por Evan Rachel Wood e por outras quatro mulheres de conduta sexual manipuladora e agressiva do ponto de vista físico e psicológico.

Porém, Marilyn Manson usou as redes sociais para defender-se, classificando as acusações como "horríveis distorções da realidade", por muito que a sua arte e a sua vida venham sendo magnetismos para a controvérsia e acrescentando que as relações que manteve "têm vindo a ser inteiramente consensuais, entre pessoas com grande afinidade. Independentemente da razão da opção de outros para adulterarem o passado".

 

Os comentários estão desactivados.