Sociedade

Três homens resgatados, um deles em cadáver, no Funchal

Resgate decorreu em condições adversas.


Três tripulantes de um veleiro de bandeira francesa, um deles morto, foram resgatados no passado domingo por um navio de cruzeiro a 500 milhas a sudoeste da Madeira, tendo desembarcado hoje no Funchal, indicou o comandante da Zona Marítima da região.

"Trata-se de dois homens, de 66 e 30 anos, pai e filho, e um amigo deles, de 73 anos, este já cadáver", referiu Guerreiro Cardoso à agência Lusa.

O comandante da Zona Marítima da Madeira explicou que o resgate aconteceu na madruga de domingo e foi feito pelo navio de cruzeiro "Mein Schiff 1", que se dirigia para o Funchal, depois de o veleiro ter emitido um pedido de socorro.

A operação foi orientada pelo Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo de Ponta Delgada (MRCC Delgada) em articulação o com uma estação de socorro em França, que recebeu o pedido da tripulação do veleiro.

Guerreiro Cardoso sublinhou que o resgate decorreu "em condições adversas" devido à forte agitação marítima na zona em que se encontrava a embarcação francesa.

O tripulante que morreu terá sido vítima de um acidente a bordo, na sequência do mau tempo.

Os outros dois foram transportados ao Hospital Dr. Nélio Mendonça em ambulâncias dos Bombeiros Sapadores do Funchal.

Os comentários estão desactivados.