Internacional

"Pensei que ia morrer com os meus bebés". Mãe consegue retirar filhos de carro em chamas na Inglaterra

A viatura acabou por explodir momentos depois de as crianças, de um e três anos, ficarem a salvo.


Melissa Grant, de 27 anos, revelou nas redes sociais como salvou a vida dos dois filhos, de um e três anos, ao conseguir retirá-los de um carro em chamas, momentos antes de a viatura explodir, na passada sexta-feira.

A mulher contou que ligou o ar condicionado do seu Vauxhall Corsa, quando saiu de sua casa na cidade de Walsall, em Inglaterra. Pouco tempo depois começa a ver fumo a sair pelas entradas de ar e “segundos mais tarde” no lugar do passageiro.

No seu relato, Melissa revela que o carro tinha sido inspecionado horas antes e que estava tudo bem. Quando o incêndio começou, conseguiu tirar o filho Braidan, de três anos, da cadeira, mas teve dificuldades em fazer o mesmo com a filha Bradley, de um ano, porque o carro estava agora “envolto em chamas”.

“Atirei o Braidan para longe de nós porque eu não ia deixar a Bradley. Morreria a salvar a minha bebé, e o carro estava prestes a explodir a qualquer segundo”, contou, acrescentando que atirou o filho “com bastante força”, mas naquele momento o “importante era salvá-los” e não estar preocupada sobre se lhe partiria um braço.

“Corri com as crianças para a casa mais perto, a gritar por ajuda. O carro explodiu atrás de nós e eu só gritava”, desabafou. “A família daquela casa acolheu os meus filhos enquanto eu vomitava no quintal deles e ligava ao 999 [número de emergência médica no Reino Unido]. Acho que ainda estava a gritar”.

Nenhuma das crianças ficou fisicamente ferida e Melissa recebeu tratamento médico por inalação de fumo. No entanto, tanto a mãe como o filho mais velho têm “flashbacks” do acidente e acordam com pesadelos durante a noite.

“Acho que nunca irei esquecer o momento em que pensei que ia morrer com os meus bebés. Sinto que nunca voltarei a dormir”, acrescentou.

À imprensa britânica, os bombeiros de West Midlands confirmaram a existência de um incidente com um carro em chamas e revelou que tratou o condutor com oxigénio devido à inalação de fumos.

Os comentários estão desactivados.