Sociedade

Como estava a pandemia há um ano e como está hoje


Risco de infeção
•  Há um ano, decretado o estado de emergência a 6 de novembro e com restrições aos fins de semana nos concelhos de risco elevado, o país registava uma tendência decrescente de novos casos de covid-19. Na última semana de novembro de 2020, foram diagnosticados uma média de 4700 casos por dia. Atualmente estão a ser diagnosticados no país perto de 3 mil novos casos de covid-19 na média dos últimos sete dias. A incidência é assim menor do que era há um ano, hoje na casa dos 360 casos por 100 mil habitantes a 14 dias e agora nos 360. Mas a tendência mantém-se crescente, ao contrário do que acontecia no ano passado, em que o RT estava baixo de 1 desde 20 de novembro. 

Mortalidade
•  Novembro de 2020 terminou com mais de 70 mortes por dia ligadas à covid-19. Com a maioria do país hoje vacinado, nos últimos dias registou-se uma média diária de 12 mortes mas há preocupações em torno do desvanecimento da vacina e o reforço prossegue pelos mais velhos. Na altura tinham morrido em Portugal 4505 pessoas com covid-19, com os meses de janeiro e fevereiro a registar os dias mais negros. Desde o início da pandemia morreram 18 441 pessoas com covid-19 em Portugal, a maioria no último inverno.

Hospitais
•  O número de doentes internados com covid-19 atualmente nos hospitais é bastante inferior ao que se verificava no ano passado no final do mês de novembro, embora com uma tendência crescente em especial nas últimas duas semanas a par de maior procura às urgências e internamentos por outras causas que no ano passado. No final de novembro de 2020 estavam internados no SNS 3342 doentes com diagnóstico de covid-19, 525 em cuidados intensivos. Atualmente há 833 casos nos hospitais, 116 em UCI. 

Os comentários estão desactivados.