Sociedade

Dois feridos graves em explosão de etanol em escola de Ponte de Lima

As vítimas, duas funcionárias, de 52 e 53 anos, foram transportadas para o Hospital de São João, no Porto.

Dois feridos graves em explosão de etanol em escola de Ponte de Lima

Uma explosão de etanol de um equipamento que aquecia refeições provocou, esta sexta-feira, dois feridos graves, na Escola Superior Agrária (ESA), em Ponte de Lima.

Segundo fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Viana do Castelo, em declarações à agência Lusa, as vítimas – duas funcionárias, de 52 e 53 anos, – foram transportadas para o Hospital de São João, no Porto.

No momento do acidente, as funcionárias estavam a preparar um almoço que seria servido aos participantes de um ‘workshop’ que decorria na ESA, localizada no convento de Refoios.

A explosão ocorreu na cozinha dos frades, situada no interior do convento. “A cozinha dos frades é regularmente utilizada para a confeção das refeições servidas em eventos realizados pela ESA”, explicou o presidente do Instituto Politécnico de Viana do Castelo (IPVC), Carlos Rodrigues.

O caso está a ser tratado como um acidente de trabalho. 

No local estiveram 15 operacionais dos Bombeiros de Ponte de Lima, apoiados por sete viaturas, uma ambulância de Suporte Imediato de Vida (SIV), estacionada no hospital Conde de Bertiandos, uma Viatura de Emergência Médica (VMER) do hospital de Santa Luzia, em Viana do Castelo, além da GNR.

Os comentários estão desactivados.