Sociedade

Algarve cancela festejos de fim de ano devido à covid-19

A decisão "foi consensualizada em sede de reunião do conselho intermunicipal". Alguns municípios vão manter a tradição do fogo-de-artifício. 


Este ano não haverá festas de passagem de ano no Algarve. Os 16 municípios da região decidiram cancelar os festejos por não estarem reunidas as condições para cumprir as medidas de contenção da covid-19.

Em comunicado, este sábado, a Comunidade Intermunicipal do Algarve (AMAL) revela que a decisão "foi consensualizada em sede de reunião do conselho intermunicipal".

"Mesmo que estas iniciativas fossem de realização ao ar livre, teriam que obedecer a um conjunto de orientações da DGS [Direção-Geral da Saúde] que os autarcas afirmam não haver condições para serem cumpridas, uma vez que implicam uma grande concentração de pessoas", lê-se.

Contundo, alguns autarcas irão manter a tradição do fogo-de-artifício, "sendo que outros decidiram não avançar uma vez que podem promover aglomeração de pessoas".

"Conscientes de que esta decisão poderá trazer constrangimentos aos empresários e comerciantes da região, [os autarcas] defendem que, nesta altura, o foco deverá estar centrado na proteção da saúde e bem-estar da população do Algarve", acrescenta.

Os comentários estão desactivados.