Economia

Algarve. Ocupação média nos hotéis sobe 225% em novembro

Segundo a Associação dos Hotéis e Empreendimentos Turísticos do Algarve (AHETA), “o mercado nacional aumentou 6,8% e o externo diminuiu -13,3% face a novembro de 2019”.


A ocupação média nas unidades de alojamento do Algarve registou um crescimento de 255% em novembro deste ano face ao mesmo mês do ano passado, anunciou a Associação dos Hotéis e Empreendimentos Turísticos do Algarve (AHETA).

A associação diz ainda que, neste mês, a taxa de ocupação global média/quarto foi de 41,3%, uma valor que representa -5,8% do que o valor registado em igual período de 2019.

Segundo a AHETA, “o mercado nacional aumentou 6,8% e o externo diminuiu -13,3% face a novembro de 2019”.

Em termos acumulados, desde o início do ano, a ocupação quarto regista uma descida média de 47,1% e o volume de vendas uma quebra de 40,1% face ao mesmo período de 2019.

A AHETA diz ainda que, por zonas geográficas, face a novembro de 2019, as maiores descidas verificaram-se em Monte Gordo / Vila Real de Santo António (-57,4%), Albufeira (-23,0%), e Carvoeiro / Armação de Pêra (-16,3).

Já o volume de vendas cresceu 1,3% face a novembro de 2019 e 248% face ao mesmo mês de 2020.

Ainda em relação ao mês em análise, 28,5% das vendas foram efetuadas através de operadores turísticos tradicionais, valor que compara com os 43,7% de 2019.

No entanto, a associação liderada por Elidérico Viegas lembra que “as médias não se refletem de igual modo em todos os estabelecimentos, havendo discrepâncias em função das categorias e zonas geográficas”.

Os comentários estão desactivados.