Sociedade

Suspeito de disparar contra agentes da GNR em Pinhal Novo abatido a tiro

Foi abatido “em legítima defesa” por representar “uma ameaça iminente para a vida dos militares”.


O homem, de 62 anos, que, esta terça-feira, disparou contra agentes da GNR foi abatido a tiro. A operação começou ao início da tarde, quando os militares se dirigiram à residência do suspeito, na localidade de Pinhal Novo. No momento em que se cumpria o mandado, o homem “efetuou disparos e colocou-se em fuga". Foi abatido “em legítima defesa” por representar “uma ameaça iminente para a vida dos militares”.

Em comunicado, o Comando Territorial de Setúbal, através do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Palmela, informou que “deu cumprimento a um mandado de busca” numa habitação em Pinhal Novo.

"No decorrer desta ação, o suspeito, um homem de 62 anos, que residia sozinho na habitação, ao detetar a presença da Guarda, efetuou disparos, com recurso a uma caçadeira, contra os militares da Guarda, sem feridos ou danos a registar, colocando-se de imediato em fuga na posse da arma, para uma zona rural naquela localidade", lê-se.

Foram mobilizados "todos os meios disponíveis do Destacamento Territorial de Palmela" e criado "um perímetro de segurança na zona onde se presumia que o suspeito se encontrava escondido".

O homem, que se encontrava escondido no terreno, foi localizado pela GNR por volta das 14h30. Os militares advertiram para que largasse a arma de fogo que possuía, mas sem sucesso.

"Após a advertência clara e inequívoca para largar a arma, [o homem] não acatou a ordem, mantendo-se assim como uma ameaça iminente para a vida dos militares", refere a GNR.

 “Foi necessário os militares recorrerem à utilização de arma de fogo, em legítima defesa, tendo atingido o suspeito de forma a neutralizar a ameaça", acrescenta.

O homem foi assistido por elementos da Equipa de Resposta à Crise do INEM, que se encontravam a apoiar a ação da GNR e pelos Bombeiros Voluntários do Pinhal Novo, mas acabou por morrer no local.

Os comentários estão desactivados.