Cultura

Estátua rara em forma de criatura mitológica encontrada em Sharjah

O Dr. Sabah Aboud Jassim, CEO da SAA, afirmou que a descoberta indica “a existência de uma rede comercial entre Mleiha, na Península Arábica, e os antigos impérios do passado”.

 


A Autoridade de Arqueologia de Sharjah (SAA) anunciou a descoberta de uma estátua que remonta à época do Império Romano, no século I d.C, na área de Mleiha, Sharjah, Emirados Árabes Unidos, um local do Patrimônio Mundial da UNESCO. 

A estátua de bronze representa uma criatura mitológica com cabeça de leão, peito de homem, asas de águia e um enorme pé de pássaro com garras. Outras descobertas feitas no mesmo local, incluem uma chave de ferro e moedas islâmicas de mil anos.

O Dr. Sabah Aboud Jassim, CEO da SAA, afirmou que a descoberta indica “a existência de uma rede comercial entre Mleiha, na Península Arábica, e os antigos impérios do passado”. Além disso, Jassim observou que a forma dessa criatura mítica “foi retratada em muitas obras de arte romanas em arquitetura e decoração, móveis e joias”.

Este objeto faz ainda parte de um incensário “que carregava três estátuas de formato semelhante e que eram distribuídas de forma circular simétrica, encimadas por uma grande e luxuosa tigela que servia para queimar incenso”.

O CEO da SAA revelou-se “grato” pelo apoio fornecido pelo Dr. Sultan bin Muhammad Al Qasimi, membro do Conselho Supremo e governante de Sharjah, que ajudou financeiramente a escavar e explorar vários locais e antiguidades.

O objetivo do Centro Arqueológico de Mleiha é traçar a história da região e está situado perto de vários túmulos que datam de milhares de anos, bem como de locais da Idade da Pedra, tal como o chamado FAY-NE1, que “fornece informações importantes sobre os primórdios da história da humanidade”. 

Os comentários estão desactivados.