Sociedade

Manuel Pinho detido após interrogatório sobre caso EDP

Foi ainda emitido um mandado de captura em nome da mulher, Alexandra Pinho.


O antigo ministro da Economia, Manuel Pinho, foi, esta terça-feira, detido após ser ouvido em interrogatório no caso EDP. A informação foi avançada pelo seu advogado, Ricardo Sá Fernandes, à saída do Departamento Central de Investigação de Ação Penal (DCIAP) em Lisboa.

Em causa estão os crimes de fraude fiscal e branqueamento de capitais.

“É um dia triste para a justiça portuguesa”, afirmou o advogado, acrescentado que a decisão se trata de um “abuso de poder”.

Foi ainda emitido um mandado de captura em nome da mulher, Alexandra Pinho.

Os comentários estão desactivados.