Sociedade

GNR apreende 12 armas de fogo na sequência de investigação por violência doméstica

Caso ocorreu no concelho do Fundão.


A Guarda Nacional Republicana (GNR) de Castelo Branco apreendeu 12 armas de fogo no concelho do Fundão, na sequência de uma investigação relativa ao crime de violência doméstica.

Num comunicado enviado às redações, a autoridade explica que um homem de 57 anos terá ameaçado a sua esposa, de 60 anos, e inclusive outros familiares. 

Ao investigar o comportamento do suspeito e, na sequência de um mandado de busca na residência do casal, as autoridades apreenderam as armas de fogo, classificadas como armas de caça. 

Os factos foram remetidos para o Tribunal Judicial do Fundão. 

Os comentários estão desactivados.