Desporto

Autogolo aos 90+5 tira Queiroz da final da Taça das Nações Árabes

A seleção nacional do Egito está fora da final da Taça das Nações Árabes de futebol, que decorre no Qatar, após perder, frente à Tunísia, por 1-0.


A seleção nacional do Egito está fora da Taça das Nações Árabes de futebol, que decorre no Qatar. Na meia-final, um autogolo dos egípicos, aos 90+5 minutos, frente à Tunísia, ditou a derrota para o emblema treinado pelo português Carlos Queiroz, por 1-0.

Amr Al-Sulaya desviou a bola para a própria baliza, e Mohamed El Shenawy - ainda que se tenha esticado ao máximo das suas capacidades - não conseguiu corrigir o erro, que custou a passagem para a final. Esta foi a primeira vez que Queiroz perdeu aos comandos dos egípcios.

"A sorte falou para um lado. Tivemos as três melhores oportunidades, a Tunísia fez o seu jogo, forte nas bolas paradas, sabíamos que assim seria, mas fomos nós que criámos as três melhores oportunidades na cara do guarda-redes. A sorte sorriu à Tunísia, parabéns e boa sorte para final. Como costumo dizer, ou ganhamos ou aprendemos; crescemos e estaremos mais fortes no futuro", disse, no fim do jogo.

Os egípcios venceram a Taça Árabe em em 1972 e 1992, mas, desta feita, não passaram das meias-finais.

Os comentários estão desactivados.