Desporto

Governo francês e ligas chegam a acordo: jogo fica "imediatamente suspenso" se jogador ou árbitro for atingido por objeto

Em vários recintos franceses têm-se assistido a incidentes com o lançamento de objetos para o relvado. Um dos episódios aconteceu em 21 de novembro, no encontro do Lyon-Marselha, da 14.ª jornada da Ligue 1, com o jogador Dimitri Payet. 


Depois de uma reunião entre o Governo francês e os organizadores das competições profissionais de futebol, foi decidido que quando qualquer jogador ou árbitro for ferido por objetos lançados das bancadas o jogo será "imediatamente suspenso". 

A decisão sobre o recomeço da partida deverá ser tomada dentro de 30 minutos e comunicada logo aos espetadores, indica o comunicado conjunto dos ministros do Interior e da Justiça. 

Esta medida está inserida numa lista de várias medidas que servirão para melhorar a segurança nos jogos de futebol, algo que tem falhado recentemente. 

Em vários recintos franceses têm-se assistido a incidentes com o lançamento de objetos para o relvado. Um dos episódios aconteceu em 21 de novembro, no encontro do Lyon-Marselha, da 14.ª jornada da Ligue 1, que ficou suspenso após Dimitri Payet, jogador da equipa visitante, ter sido atingido no rosto por uma garrafa de água quando se dirigia para bater um canto. 

O atirador, um homem de 32 anos, já foi condenado a seis meses de prisão com pena suspensa e está impedido de entrar no estádio do Lyon durante cinco anos. 

Os comentários estão desactivados.