Desporto

Liga das Nações vai incluir seleções sul-americanas a partir de 2024

De acordo com a imprensa internacional, serão incluídas na divisão A seis seleções sul-americanas com melhor classificação no ranking, como Argentina, Brasil, entre outros, e mais quatro na divisão B, possivelmente Bolívia, Equador ou Paraguai.


A partir de 2024, as dez seleções da América do Sul vão integrar a Liga das Nações, uma competição que seria exclusiva para seleções da Europa, revelou, esta sexta-feira, o vice-presidente da UEFA, Zbigniew Boniek, citado pela ESPN. 

"Tivemos uma reunião com a CONMEBOL [organismo que tutela o futebol sul-americano] e, a partir de 2024, as seleções destes países vão juntar-se à competição", afirmou o também presidente da Federação Polaca de Futebol.

Contudo, o novo formato da Liga das Nações com a inclusão das seleções do continente americano ainda não está definido pela UEFA, visto que só foi apresentada uma proposta pela CONMEBOL para o alargamento da competição, na qual Portugal saiu vitorioso na sua edição de estreia, em 2018. 

De acordo com a imprensa internacional, serão incluídas na divisão A seis seleções sul-americanas com melhor classificação no ranking, como Argentina, Brasil, entre outros, e mais quatro na divisão B, possivelmente Bolívia, Equador ou Paraguai.

Em 2024, a Liga A será disputada por 22 seleções e outras 20 vão participar na Liga B. Atualmente, o quadro competitivo da Liga das Nações prevê quatro grupos de quatro, compostos por 16 seleções, em cada uma das divisões: total de 32.

Os comentários estão desactivados.