Desporto

Dusan Tadic. Jogador quebra recorde de Messi

O título era de Lionel Messi, mas agora há um novo nome: Dusan Tadic tornou- -se no jogador com maior número de assistências num ano civil, somando 37. Mais uma do que Messi.


Os recordes são feitos para serem quebrados. Agora foi a vez de Dusan Tadic, médio do Ajax – equipa holandesa – entrar para a história do mundo do futebol, um presente prévio natalício. Com 33 anos de idade, o sérvio tornou-se este fim de semana no jogador com o maior número de assistências num ano civil, somando 37. O título era mantido por uma lenda: Lionel Messi, que em 2011 fez 36 assistências quando ainda jogava pelo Barcelona. O gigante estabeleceu o recorde por uma década.

Mas atenção: o número de Dusan Tadic poderá vir a ser maior, já que ainda irá disputar mais dois jogos este ano. O primeiro foi ontem, contra Feyenoord, ganhando duas bolas a zero. E o segundo será na próxima quarta-feira contra Fortuna Sittard, dos países baixos.

Renovou contrato e provou o valor Dusan Tadic está no clube desde o ano de 2018, depois de ter sido contratado aos ingleses do Southampton. No verão passado renovou contrato com o clube holandês, no qual ficará até 2024. “Não é segredo que Dusan (Tadic) tem um papel muito importante na equipa, tanto dentro como fora do campo, pois é um verdadeiro líder”, afirmou na altura Marc Overmars, o diretor do clube. E continua a provar o seu valor. “Este voou fora do radar…”, comentou a International Champions Cup, através do Twitter.

Dusan marcou, adeptos agrediram Ajax jogou em março contra o PSV e Dusan Tadic foi autor do golo que ditou o empate entre das duas equipas. Golo esse que fez com que o jogador fosse alvo de uma agressão ao ser atingido no rosto por uma moeda lançada por adeptos do PSV, que naquele momento também se encontravam a insultarem-no. Ajax terá na altura submetido uma queixa junta da polícia.

A história do jogador em ascensão Dusan Tadic nasceu no dia 20 de novembro de 1988 e tem estado sempre em ascensão no mundo do futebol. Começou por jogar com o seu irmão e amigos, mas na altura ainda não pensava que uma carreira de jogador profissional fosse mesmo uma opção. O jogador teve as suas grandes bases desportivas no AIK Bačka Topola, clube da sua cidade natal, no qual ganhou experiência. Mais tarde, assinou contrato profissional com FK Vojvodina, também na Sérvia, onde ficou de 2006 a 2010. Com apenas 18 anos de idade já se encontrava a jogar na Meridian Superliga – o principal torneio de futebol do país. Em 2010 foi novamente tempo de mudanças. FK Vojvodina vendeu Dusan Tadic ao clube holandês Groningen. Na temporada de 2010-2011, foi considerado o terceiro melhor em assistências de toda a Europa. Talvez já fosse um final. Afinal o reconhecimento que estava a ter aumentava cada vez mais.

Em 2012 passou para o Twente, também um clube holandês. No seu jogo de estreia fez logo sensação ao marcar dois golos. Em 2014 vestiu o equipamento do Southampton, tornando-se na altura na primeira contratação do novo treinador, Ronad Koeman, assinando um contrato de quatro anos. De 2018 para cá, bem, já se sabe o resto da história, e que ainda continua a ser escrita.

Pelo meio do percurso jogou também pela seleção sérvia, quando tinha 19 anos de idade. O primeiro golo que marcou pelo país foi contra a seleção do País de Gales.

Atenção Benfica: eles vêm aí Os vermelhos e brancos irão defrontar o Ajax nos oitavos de final da Liga dos Campeões. Duas equipas que irão dar tudo.

 

Os comentários estão desactivados.