Economia

Investimento em vistos gold cai 6,8% em novembro

Nesse mês foram concedidos 83 vistos gold, dos quais 64 por via da aquisição de bens imóveis (24 para reabilitação urbana) e 19 através do critério de transferência de capitais.


O investimento captado através dos vistos gold caiu 6,8% em novembro, em termos homólogos, para 46,6 milhões, de acordo com contas feitas pela Lusa com base nos dados estatísticos do SEF. Feitas as contas, trata-se de um recuo de 6,8% face a igual mês de 2020 (50 milhões de euros). Nesse mês foram concedidos 83 vistos gold, dos quais 64 por via da aquisição de bens imóveis (24 para reabilitação urbana) e 19 através do critério de transferência de capitais.

A compra de bens imóveis somou um investimento de 36,9 milhões de euros, dos quais 8,5 milhões para a reabilitação urbana, enquanto a transferência de capitais arrecadou 9,7 milhões.

Por países, em novembro foram concedidos 20 vistos aos Estados Unidos, enquanto a China, que tem liderado, obteve 19. Ao Brasil foram concedidos 10, cinco à Turquia e outros cinco à Rússia.

Nos primeiros 11 meses do ano foram atribuídos 781 vistos ‘dourados’, dos quais 55 em janeiro, 100 em fevereiro, 73 em março, 98 em abril, 52 em maio, 67 em junho, 41 em julho, 64 em agosto, 61 em setembro, 87 em outubro e 83 em novembro. Neste período, o investimento captado por via deste instrumento totalizou 415 milhões, um recuo de cerca de 33% face aos 618,9 milhões registados nos primeiros 11 meses de 2020.

Os comentários estão desactivados.