Internacional

Cerca de 80 mil galinhas vão ser abatidas na República Checa devido à gripe das aves

Serão ainda destruídos mais de um milhão de ovos.


Cerca de 80 mil galinhas infetadas com o vírus da gripe das aves deverão ser abatidas, esta terça-feira, na República Checa, após ter sido detetado um surto na quinta Libotenice, a cerca de 45 quilómetros da capital Praga.

A quinta, que tinha 188 mil aves antes do Natal, viu 100 mil galinhas morrer devido ao vírus na semana passada.

"O abate de galinhas está em curso. Os números mostram que esta estirpe, o altamente patogénico H5N1, é muito agressivo e mata especialmente galinhas rapidamente e em grande escala", afirmou o porta-voz da administração veterinária nacional, Petr Majer, à agência France-Presse.

Serão ainda destruídos mais de um milhão de ovos.

Só este ano foram detetados 48 surtos de gripe das aves no país, o número mais elevado de sempre.

Por cá, foram detetados recentemente dois surtos do vírus: um no início do mês numa exploração em Palmela, no concelho de Setúbal, e outro no sábado numa exploração de perus em Óbidos.

A Proteção Civil de Óbidos informou hoje que o surto não afetou os trabalhadores.

“Na sequência das análises realizadas aos colaboradores da empresa exploradora dos aviários (...) todos os resultados foram negativos, não existindo a transmissão do vírus das aves para os colaboradores em contacto direto com as mesmas”, confirmou.

Os comentários estão desactivados.