Desporto

Paulo Sousa rescinde com Federação da Polónia e terá de pagar indemnização

A informação foi confirmada pelo presidente da federação através da rede social Twitter. 


Paulo Sousa já não é selecionador da Polónia, anunciou, esta quarta-feira, o presidente da Federação Polaca de Futebol, Cezary Kulesza. 

A informação foi confirmada pelo presidente através da rede social Twitter, numa publicação onde também revelou que o treinador português irá pagar uma indemnização pela rescisão do contrato. 

"Decidimos por unanimidade rescindir o contrato com Paulo Sousa. Como parte do acordo, o ex-selecionador pagará a indemnização de acordo com as expectativas da Federação", escreveu Cezary Kulesza na sua conta pessoal. 

Na publicação de Kulesza estão a chover comentários escritos em polaco ou em inglês a criticar o curto desempenho do treinador português.

Agora, Paulo Sousa está livre para um novo capítulo na sua carreira pela primeira vez em território brasileiro. Segundo a comunicação social, tudo indica que o técnico deverá assinar pelo Flamengo, sucedendo a Renato Gaúcho. 

O contrato de Sousa com a Polónia seria até março de 2022, mês em que a seleção polaca vai disputar o play-off de apuramento para o Campeonato do Mundo.

Os comentários estão desactivados.