Sociedade

Escolas de acolhimento receberam mais de 500 alunos por dia na última semana

As escolas de acolhimento voltam a funcionar entre os dias 3 e 7 de janeiro, “cumprindo uma função social imprescindível em todo o território, sendo expectável que a procura seja ainda superior, atendendo a que se trata de uma semana de contenção anunciada no início do mês de dezembro”.


As cerca de 800 escolas de acolhimento, abertas em todo o país durante a semana de pausa letiva do Natal, receberam, em média, mais de 500 alunos por dia e serviram mais de quatro mil refeições diárias.

Em comunicado, o Ministério da Educação refere que a maioria dos alunos são filhos ou dependentes de trabalhadores de serviços essenciais e recorda que “o apoio alimentar a alunos abrangidos pela Ação Social Escolar, em semanas de pausa letiva, é anterior à pandemia”.

“Trata-se de uma medida implementada pelo Ministério da Educação em 2018, naturalmente reforçada nos períodos excecionais em que os alunos não vão à escola”, explica.

Lisboa e Vale do Tejo foi a região que mais deu resposta às solicitações de alunos e famílias, seguindo-se do Centro, Norte, Alentejo e Algarve.

As escolas de acolhimento voltam a funcionar entre os dias 3 e 7 de janeiro, “cumprindo uma função social imprescindível em todo o território, sendo expectável que a procura seja ainda superior, atendendo a que se trata de uma semana de contenção anunciada no início do mês de dezembro”, destaca o Ministério da Educação.

Os comentários estão desactivados.