Sociedade

Detetado terceiro surto de gripe das aves em Portugal

É o terceiro surto registado este mês, depois de no início do mês ter sido detetado um numa exploração doméstica em Palmela e outro, no passado dia 25, numa exploração de perus em Óbidos.


Foi detetado um novo surto de gripe das aves em Portugal, nomeadamente numa exploração de perus em Vila Nova da Barquinha, revelou esta sexta-feita a Direção Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV). De realçar que este é o terceiro surto registado este mês, depois de no início do mês ter sido detetado um numa exploração doméstica em Palmela e outro, no passado dia 25, numa exploração de perus em Óbidos.

“A 30 de dezembro de 2021, o Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária (Laboratório Nacional de Referência para as doenças dos animais), confirmou um terceiro foco de infeção por vírus da gripe aviária do subtipo H5N1 de alta patogenicidade, em exploração de perus, situada em Vila Nova da Barquinha.”, informa a DGAV em comunicado.

Foi ativado de imediato “o plano de contingência para esta nova zona de restrição” e “implementadas as medidas de controlo previstas na legislação em vigor”.

As medias “incluem a inspeção ao local onde foi detetada a doença, assim como às explorações de detenção de aves existentes na zona de restrição sanitária ao redor do foco, no raio de 3 km (zona de proteção) e de 10 km (zona de vigilância) e a intensificação da vigilância da doença”.

Os comentários estão desactivados.