Politica

PS e PSD reveem-se na mensagem de ano novo do Presidente da República

Rui Rio disse no twitter que, afinal, estão "todos de acordo. É preciso virar a página".


Na sequência da mensagem de ano novo partilhada este sábado pelo presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, os sociais democratas vieram já revelar que partilham da mesma opinião.

Num comunicado enviado à comunicação social, André Coelho Lima, vice-presidente do PSD, referiu a proximidade que existe relativamente ao "próximo ato eleitoral, as eleições legistivas" e a maneira isso se associa ao "virar de página a que se referiu o senhor Presidente da República".

"Por isso, é com sentido de dever e com muita próximidade às palavras do Presidente da República que nos associamos à necessidade do virar a página do nosso país".

Também José Luís Carneiro, o secretário-geral adjunto do Partido Socialista (PS) afirmou que o partido se revia "plenamente na mensagem do senhor Presidente da República":

"Revemo-nos em primeiro lugar porque o país precisa de estabilidade política para consolidar a estratégia de combate à pandemia e de previsibilidade nas opções políticas para assegurar as condições de recuperação da economia e das condições de vida dos portugueses".

Estas declarações levaram Rui Rio, o presidente do PSD, a considerar, através de uma mensagem na sua conta de twitter que, afinal, estão "todos de acordo. É preciso virar a página".

 

 

 

 

 

Os comentários estão desactivados.