Economia

Atividade turística manteve crescimento em novembro

Ainda assim, valores são inferiores aos de 2019, revela Instituto Nacional de Estatística (INE).


O setor do alojamento turístico registou 1,5 milhões de hóspedes e 3,6 milhões de dormidas em novembro deste ano, correspondendo a aumentos de 265,5% e 287,7%, respetivamente.

Os dados foram divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) que revela que os níveis atingidos em novembro foram, ainda assim, inferiores aos observados em novembro de 2019, antes da pandemia, tendo diminuído o número de hóspedes e de dormidas, -17,0% e -12,4%, respetivamente.

O gabinete de estatística diz ainda que, no mês em análise, o mercado interno contribuiu com 1,3 milhões de dormidas e os mercados externos totalizaram 2,3 milhões. Face a novembro de 2019, registaram-se diminuições quer nas dormidas de residentes (-3,4%), quer nas de não residentes (-16,6%).

Nesse mês, 33,8% dos estabelecimentos de alojamento turístico estiveram encerrados ou não registaram movimento de hóspedes (25,3% em outubro).

Feitas as contas aos primeiros onze meses do ano, as dormidas aumentaram 40,4% (+36,0% nos residentes e +45,3% nos não residentes). Comparando com o mesmo período de 2019, as dormidas diminuíram 47,7% (-10,8% nos residentes e -63,3% nos não residentes).