Vida

Kim Kardashian deixa de seguir Miley Cyrus no Instagram e o problema parece ser Pete Davidson

Ao que parece, a socialite deixou de seguir a cantora no Instagram depois da transmissão especial ao vivo de Ano Novo com o comediante, com quem está numa relação. 


Só sabe o que se passa no convento quem lá mora dentro, já diz o provérbio português. Ainda assim, há detalhes que podem revelar que há efetivamente problemas entre Miley Cyrus, Pete Davidson e Kim Kardashian. 

Ao que parece, a socialite deixou de seguir a cantora no Instagram depois da transmissão especial ao vivo de Ano Novo desta juntamente com o comediante, com quem está numa relação desde outubro passado. 

De acordo com o site Page Six, uma conta de fãs de Miley Cyrus fez esta descoberta, notando que Kim seguia a conta da artista norte-americana no dia 10 de dezembro, altura em que a mesma fonte noticiou que Cyrus visitou Davidson na sua casa depois de ambos aparecerem no programa "Tonight Show" de Jimmy Fallon. No entanto, quatro dias depois, a empresária já não pertencia ao leque de seguidores da cantora. 

Esta atitude pode significar algum problema entre os três, ao passo que Cyrus e Davidson estão a aparecer mais vezes juntos em público, muito devido à co-apresentação no programa de Ano Novo.

Pete Davidson juntou-se a Miley Cyrus para apresentar o espetáculo televisivo, mas antes do dia D, a artista fez alguns movimentos indiscretos para o comediante durante a promoção do evento. Nomeadamente a serenata que lhe fez no "Tonight Show", ao cantar a música "It Should Have Been Me", em português, "Devia ter sido eu". A escolha desta música poderá ter aguçado a forma como Kim olhava para Miley. 

Kim Kardashian preferiu passar o Ano Novo com a sua família, em Los Angeles, e não esteve presente no evento. Contudo, segundo o site Page Six, o casal reuniu-se esta semana para viajarem juntos para as Bahamas num jato privado.