Cultura

Il Divo mantêm digressão, dedicada a Carlos Marín e com um vocalista convidado

Apesar da recente morte de Carlos Marín, o grupo anunciou que manterá a digressão, que tem passagem também por Portugal. 


Os Il Divo anunciaram que manterão a digressão que tinham programada para 2022, mesmo sem Carlos Marín.
Nas redes sociais, o grupo, agora reduzido a um trio depois do falecimento de Marín no mês passado, revelou que a tour, inicialmente intitulada 'For Once in My Life', passa agora a chamar-se 'Greatest Hits' e que será uma homenagem ao falecido colega.

Além disso, David Miller, Sebastien Izambard e Urs Buhler estarão acompanhados por um convidado especial, o barítono mexicano-americano Steven LaBrie, promentendo apresentar “os maiores êxitos da sua carreira”.

“O Carlos tinha uma personalidade maior do que a vida, com uma rara combinação de uma voz incrivelmente bonita e tocada por Deus e um imenso talento”, escrevem os três cantores em comunicado nas suas redes sociais. “Vamos sentir muita falta da sua amizade e voz brilhante. Em sua honra, vamos criar a Fundação Carlos Marín e vamos homenageá-lo nos nossos concertos futuros”, acrescentaram.

A digressão começa nos Estados Unidos já no início do próximo mês de fevereiro e passará pela América do Sul até rumar à Europa no verão. 

Em Portugal, os concertos que deveriam ter acontecido em dezembro, foram adiados para os dias 23 e 24 de julho, realizando-se, respetivamente, no Multiusos de Gondomar e na Altice Arena, em Lisboa.