Desporto

Jardim conquista Supertaça da Arábia Saudita nas grandes penalidades frente a Daniel Ramos

O Al-Hilal, de Leonardo Jardim, bateu o Al-Faysaly de Daniel Ramos, na final da Supertaça saudita.


Leonardo Jardim viveu uma noite de glória, no mesmo palco onde o compatriota Daniel Ramos caiu em derrota. O Al-Hilal, treinado pelo antigo treinador do Mónaco, chegou ao fim do tempo regulamentar em empate com o emblema de Daniel Ramos, que ficou reduzido a 10 jogadores, e singrou nas grandes penalidades, vencendo a Supertaça saudita.

Aos 24 minutos de jogo, curiosamente, era o Al-Faysaly que vencia, com dois golos de vantagem, depois de Al Amri abrir o marcador, seguido do francês Romain Amalfitano. Aos 40 minutos, no entanto, Al Dawsari reduziu a vantagem, e, já no segundo tempo, Al Shahrani atingiu a igualdade no marcador, que se manteve até ao apito final.

Nas grandes penalidades, o Al-Hilal acabou por vencer por 3-2 - depois de Matheus Pereira falhar uma penalidade - e conquistou, assim a Supertaça da Arábia Saudita.

Os comentários estão desactivados.