Cultura

Encontrados ovos de parasitas com mais de 2.700 anos numa casa de banho em Israel

Arqueólogos descobriram ovos do “parasita ancestral” com mais de 2.700 anos em Israel, numa casa de banho de pedra. 

 


A equipa estima que esses vermes terão sido a causa do mal-estar de alguns dos usuários dessa casa de banho, que fazia parte de um casarão. A sua antiguidade remonta ao século 7 a.C. e foi localizada em 2019 no sul de Jerusalém. Nessa altura, foi realizada uma escavação na fossa sob a “sanita”. Com isso, os arqueólogos esperavam encontrar mais informações sobre as condições sanitárias da época. Contudo, aquilo que encontraram permitiu a identificação de “quatro espécies de vermes parasitas capazes de infectar humanos”, conforme relatado num artigo publicado no ‘International Journal of Paleopathology’.

De acordo com o site ‘Gizmodo’, a casa de banho ficava no jardim de uma grande propriedade.

Devido às peças decorativas encontradas no local, os seus locatários teriam um alto poder aquisitivo. No entanto, a sua riqueza não impediu a ingestão de parasitas. Debaixo da “sanita de pedra”, foram encontrados ovos de tricurianos, tênias, lombrigas e traças. "Eles duram muito tempo nas condições especiais oferecidas pela fossa, sobreviveram durante quase 2.700 anos", afirmou Dafna Langgut, paleobotânica da Universidade de Tel Aviv e principal autora do trabalho. "Os vermes intestinais são parasitas que podem causar sintomas como dor abdominal, náuseas, diarréias e comichão", explicou. "Alguns deles são especialmente perigosos para as crianças e podem causar desnutrição, atrasos no desenvolvimento, danos no sistema nervoso e, em casos extremos, até a morte", continuou Langgut. 

Embora datem quase três milénios atrás, estes parasitas ainda existem hoje. Na verdade, muitos são ingeridos por humanos no meio de alimentos contaminados.

Felizmente, a modernidade trouxe alguns avanços de higiene que significam que os humanos têm agora mais defesas contra esses parasitas. Mesmo assim, continuam a ser uma das principais causas de doenças em muitas partes do mundo.

 

Os comentários estão desactivados.