Economia

Capacidade de financiamento sobe para 0,6% do PIB

No entanto, face a setembro de 2020, a capacidade de financiamento da economia portuguesa aumentou 0,4 pontos percentuais.


A economia portuguesa melhorou, no ano acabado em setembro de 2021, a capacidade de financiamento para 0,6% do Produto Interno Bruto (PIB), segundo os dados divulgados ontem pelo Banco de Portugal.

Segundo o banco central, “este resultado reflete as capacidades de financiamento dos particulares e das sociedades financeiras (respetivamente de 4,9% e 1,6% do PIB) que, em conjunto, excederam as necessidades de financiamento das administrações públicas e das sociedades não financeiras (de 3,9% e 2,1% do PIB)”.

No entanto, face a setembro de 2020, a capacidade de financiamento da economia portuguesa aumentou 0,4 pontos percentuais, um aumento justificado quer pelas reduções das necessidades de financiamento das empresas não financeiras e das administrações públicas quer pelas diminuições das capacidades de financiamento das empresas financeiras e dos particulares.

Já em relação ao segundo trimestre, a capacidade de financiamento da economia portuguesa aumentou 0,3 pontos percentuais do PIB.

Os comentários estão desactivados.