Sociedade

Covid-19. Incidência aumenta no mesmo dia em que os internamentos sofrem subida acentuada

Incidência continua a aumentar e o Rt a descer. O número de doentes internados sofreu o maior aumento em onze meses e há já mais de 279.600 caos ativos no país.


Portugal registou, nas últimas 24 horas, 20.212 novos casos de covid-19 e 20 mortes associadas à doença. De acordo com o boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS), divulgado esta segunda-feira, o país soma agora um total acumulado de 1.660.058 infeções e 19.133 vítimas mortais.

Lisboa e Vale do Tejo voltou a ser a região que diagnosticou mais novos casos: 8.349. Segue-se o Norte, com 7.744 casos de infeção, o Centro, com 1.614, o Algarve, com 652, e o Alentejo, com 452. No arquipélago da Madeira há 1.185 novos casos e no dos Açores 216.

Dos 20 óbitos, 10 ocorrem em Lisboa e Vale do Tejo, cinco no Centro, dois no Alentejo, um no Norte, um no Centro e um na Madeira. Apenas os Açores não reportaram qualquer morte devido à covid-19.

O número de doentes internados voltou a aumentar e há agora 1.588 pessoas com covid-19 nos hospitais portugueses, mais 139 do que ontem. Sublinhe-se que este é o maior aumento dos últimos onze meses, não havia uma subida tão grande desde 1 de fevereiro de 2021, quando o valor foi de mais 175 internados. Destas 1.588 pessoas internadas, 161, mais 11, estão em Unidades de Cuidados Intensivos.

Por outro lado, mais 14.501 pessoas venceram o vírus nas últimas 24 horas, aumentando o número de recuperados desde o início da pandemia para 1.361.273.

Há agora 279.652 casos ativos no país, mais 5.691 do que ontem, e as autoridades de saúde têm 227.973 contactos sob vigilância.

Os valores da incidência e do rácio de transmissibilidade (Rt) foram atualizados hoje: A incidência continua a aumentar, mas o Rt desceu.

Segundo o boletim, a incidência nacional é agora de 3204,4 casos de infeção por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias. Na última atualização, feita na sexta-feira, era de 2438,8 casos de infeção por 100 mil habitantes. Quando considerado apenas o território continental a incidência é de 3209,1 e era de 2444,5. 

Já o Rt é agora de 1,24 tanto a nível nacional como continental. Na sexta-feira era de 1,32 em ambos os casos.

Os comentários estão desactivados.