Internacional

UE. França quer tratado de migração sobre as travessias do Canal da Mancha

Há estados-membros que já demonstraram não ter vontade de assinar um tratado de migração com os ingleses.


França quer pressionar a União Europeia (UE) a negociar um tratado de asilo e migração com o Reino Unido, numa tentativa de dissuadir as pessoas de fazerem a perigosa travessia do Canal da Mancha.

O governo francês, que assumiu na semana passada a presidência rotativa de seis meses do Conselho de Ministros da UE, quer que todo o bloco europeu aja, apesar dos avisos de que outros estados-membros não demonstrem vontade de assinar um tratado de migração com os ingleses.

Um alto funcionário do governo francês disse que o objetivo de um tratado UE-Reino Unido seria abrir "um meio legal de imigração com a Grã-Bretanha, para que as pessoas possam ir legalmente para a Grã-Bretanha em busca de asilo".

A mesma fonte acrescentou que "obviamente isso significa reciprocidade", sugerindo que as autoridades britânicas poderiam enviar as pessoas a quem foi negado refúgio de volta para o país europeu em que tinham chegado. "Estaríamos dispostos a considerar isto. A ideia é ter um equilíbrio zero no final do dia".