Sociedade

Câmara de Lisboa considera "herança pesada" multa da Comissão de Proteção de Dados

Em causa está a decisão da CNPD de multar a Câmara de Lisboa em 1,2 milhões de euros no processo relativo ao tratamento de dados pessoais de participantes em manifestações.


A atual liderança da Câmara de Lisboa considerou esta sexta-feira que a multa da Comissão Nacional de Proteção de Dados (CNPD) “é uma herança pesada” e que condiciona medidas previstas no orçamento apresentado.

“Esta decisão é uma herança pesada que a anterior liderança da Câmara Municipal de Lisboa [sob a presidência do socialista Fernando Medina] deixa aos lisboetas e que coloca em causa opções e apoios sociais previstos no orçamento agora apresentado”, reagiu a autarquia, atualmente liderada pelo social-democrata Carlos Moedas, em declarações à Lusa

Em causa está a decisão da CNPD de multar a Câmara de Lisboa em 1,2 milhões de euros no processo relativo ao tratamento de dados pessoais de participantes em manifestações.

“Vamos avaliar em pormenor esta multa e qual a melhor forma de protegermos os interesses dos munícipes e da instituição”, indicou ainda a Câmara de Lisboa, liderada pelo social-democrata, que governa sem maioria absoluta.

 

Os comentários estão desactivados.