Sociedade

Homem aguarda julgamento em liberdade depois de ter ameaçado polícias e importunado sexualmente mulher

O caso ocorreu esta segunda-feira em Mirandela, no distrito de Bragança. 


Um homem de 53 anos vai aguardar julgamento em liberdade, depois de ter ameaçado com uma arma branca - navalha - agentes da autoridade e ter importunado sexualmente uma mulher, em Mirandela, no distrito de Bragança, adiantou a Polícia de Segurança Pública (PSP), esta sexta-feira. 

No comunicado do Comando Distrital de Bragança da PSP, ao qual a agência Lusa teve acesso, a autoridade indica que os factos ocorreram na segunda-feira, quando os polícias da esquadra de Mirandela estavam a responder a uma denúncia de uma cidadã.

A denúncia dava conta de que a mulher "havia sido assediada e importunada sexualmente" pelo suspeito que foi abordado por uma equipa de polícias que foi enviada para o local, explica a autoridade, ao adiantar que quando o homem foi abordado pelos agentes, este terá reagido "de forma agressiva e empunhando uma navalha na direção destes", além de os "ameaçar e ofender com diversos impropérios".

"Perante tal comportamento, inadmissível e ofensivo da autoridade formal do Estado, foi o suspeito imobilizado, detido e conduzido às instalações policiais", sublinha a PSP, acrescentando que o homem está agora indiciado pelos crimes de importunação sexual sobre a queixosa e de ameaças, resistência e coação sobre funcionário. 

O suspeito ficou detido na esquadra de Mirandela da PSP até ser presente na terça-feira ao Tribunal, que o mandou em liberdade enquanto aguarda o desenrolar do processo. No entanto, foi aplicada uma medida de coação mais leve: entrega do Termo de Identidade e Residência.

Os comentários estão desactivados.