Sociedade

Portugal regista novo recorde de casos e o número mais elevado de mortes desde fevereiro do ano passado

A última vez que país tinha registado número mais elevado de mortes do que o de hoje tinha sido a 26 de fevereiro do ano passado, quando perderam a vida 58 pessoas. Há também um novo recorde de casos. 


Portugal registou, nas últimas 24 horas, 43.729 novos casos de covid-19 e 46 mortes associadas à doença. O país bateu um novo recorde de casos diários e não se contabilizavam tantas mortes desde 26 de fevereiro do ano passado, dia em que morreram 58 pessoas. No total, desde o início da pandemia, e de acordo com boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS) divulgado esta terça-feira, o país soma 1.950.620 infeções e 19.380 vítimas mortais.

O Norte voltou a ser a região com o maior número de novas infeções: 18.116. Segue-se Lisboa e Vale do Tejo, com 13.987 novos casos, o Centro, com 6.339, o Alentejo, com 1.394 e o Algarve, com 1.160. No arquipélago da Madeira há mais 2.117 infetados e no dos Açores 616.

Dos 46 óbitos, mais de metade ocorreram na região de Lisboa e Vale do Tejo- 25. O Norte contabilizou11 mortes, o Centro seis e o Algarve uma. O arquipélago da Madeira registou três vítimas mortais associadas à doença.

O número de doentes internados nos hospitais portugueses com covid-19 continua a aumentar, mas não de uma maneira tão exponencial como nos últimos dias. Há hoje mais 17 pessoas internadas nas enfermarias portuguesas do que ontem, contabilizando um total de 1.955 utentes. Destes, 160 - menos 14 do que ontem - encontram-se em Unidades de Cuidados Intensivos (UCI).

A matriz de risco foi atualizada na segunda-feira, não havendo por isso alterações a registar. A incidência de casos continua a aumentar e, desta vez, a DGS não reportou o valor preciso, indicando apenas que, tanto no continente, como a nível nacional, o valor ultrapassou os 3.840 casos por 100 mil habitantes a 14 dias. Na sexta-feira, a incidência era 3.813,6 em todo o país e 3796,0 no continente.

Já o índice de transmissibilidade (RT) continua a descer desde o início de janeiro e passou de 1,19 a nível nacional e no continente, na sexta-feira, para 1,13.

Por outro lado, nas últimas 24 horas, mais 42.055 pessoas recuperaram da doença, elevando o total de pessoas que venceram o vírus desde o início da pandemia para 1.598.454.

Há agora 332.786 casos ativos no país, mais 1.628 do que ontem, e as autoridades de saúde têm 324.954 contactos em vigilância, mais 23.793 pessoas face à última atualização. 

Consulte aqui o boletim na íntegra.

Os comentários estão desactivados.