Sociedade

Guardas prisionais da Madeira salvam a vida de dois reclusos no espaço de 15 minutos

Um dos reclusos estava a ter o princípio de um ataque cardíaco e um outro tentou suicidar-se através de enforcamento.


Os guardas do Estabelecimento Prisional do Funchal, na iMadeira, salvaram esta terça-feria a vida de dois reclusos, no curto espaço de 15 minutos. A informação foi avançada num comunicado pelo Sindicato Nacional do Corpo da Guarda Prisional (SNCGP). 

A nota explica que, pelas 21h15, "um recluso teve um princípio de ataque cardíaco e foi prontamente socorrido pelos Guardas de serviço". A ação "foi pronta e rápida, de tal modo que os profissionais de saúde conseguiram chegar a tempo de evitar o pior", lê-se. 

Por outro lado, pelas 21h30, um outro recluso que "tentava pôr termo à sua vida através de enforcamento" foi salvo. "O Guarda Prisional mais próximo da cela, ao deparar-se com a tentativa de suicídio, reagiu num ápice: entrou dentro da sela e conseguiu segurar em peso aquele recluso por vários minutos, evitando assim o enforcamento", é descrito.

Deste modo, "foi pela ação heroica daquele Guarda Prisional, segurando em peso o recluso por vários minutos, até à chegada de socorro", que a "vida deste segundo recluso também foi salva". 

Os comentários estão desactivados.