Sociedade

GNR deteve dois homens que estavam a caminho de Espanha depois de furtarem quatro mil testes de covid-19

O alerta para o furto foi dado pelo Comando Territorial da GNR de Aveiro. 


Dois homens de 35 e 34 anos foram detidos, esta terça-feira, por furtarem quatro mil testes de covid-19, no concelho de Almeida, na Guarda. 

Segundo um comunicado da Guarda Nacional Republicana (GNR) divulgado hoje, o alerta para o furto foi dado pelo Comando Territorial da GNR de Aveiro, tendo acontecido numa empresa em Esmoriz. Ao encetarem as diligências policiais necessárias, os militares da Guarda apuraram que "os suspeitos estavam a deslocar-se para a região de Múrcia, em Espanha". 

Depois de montar uma operação policial, a GNR foi capaz de intercetar a dupla já "perto da fronteira de Vilar Formoso" e apreendeu ainda o seguinte material: uma viatura, quatro mil testes de covid-19 e 675 euros em numerário. 

"Esta ação contou com o reforço do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) da Guarda, do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Vilar Formoso, do Núcleo de Proteção Ambiental (NPA) de Vilar Formoso, do Posto Territorial de Vilar Formoso e do Comando Territorial de Aveiro", detalham ainda os militares na nota. 

Os detidos serão presentes ao Tribunal Judicial de Ovar para aplicação de medidas de coação.

Os comentários estão desactivados.