Opiniao

Debates ou Boxe

Debates ou Boxe

Os debates estão a ser vistos por toda a imprensa como verdadeiros jogos de, por exemplo, boxe. Só interessa saber quem os ganhou. O que se debate, parece não ser importante.

A imprensa está assim a pedir que os dirigentes políticos sejam essencialmente bons jogadores – e não dirigentes políticos bons.

E no entanto, naquela visão boxeadora, parece só ter havido em todo o mundo 2 debates de TV: logo o 1º, em 1960, entre Kennedy e Nixon, nos EUA; e depois, em 1981, entre Mitterrand e Giscard d’Estaing, em França.

De resto, as pessoas parecem gostar do tipo de debate mais calmo e esclarecedor, que Costa e Rio estão a impor – embora se veja que o estilo ainda não atingiu todos os debatentes, e alguns dos piores estão a ser considerados bons por jornalistas e comentadores.

Os comentários estão desactivados.