Internacional

Poluição nanoplástica encontrada pela primeira vez em ambos os pólos do planeta

Partículas minúsculas, incluindo pó de pneu, encontradas em núcleos de gelo.


A poluição nanoplástica foi detetada pela primeira vez em ambos os pólos do planeta, indicando que estas minúsculas partículas estão agora disseminadas por todo o mundo, alerta um estudo realizado pela Universidade de Utrecht, na Holanda.

As nanopartículas são menores e mais tóxicas do que os microplásticos, que já foram encontrados em todo o mundo, mas o impacto de ambos na saúde das pessoas ainda é desconhecido.

"Detetámos nanoplásticos nos cantos mais longínquos da Terra, tanto nas regiões polares do sul como do norte. Os nanoplásticos são muito toxicologicamente ativos em comparação, por exemplo, com os microplásticos, e é por isso que isto é muito importante", disse Dušan Materić, que liderou a investigação.

A análise de um núcleo de gelo da Gronelândia mostrou que a contaminação nanoplástica tem vindo a poluir a região há pelo menos 50 anos. Os investigadores também ficaram surpreendidos ao descobrir que um quarto das partículas era proveniente de pneus de veículos.

 

Os comentários estão desactivados.