Sociedade

Família de cinco pessoas fica desalojada depois de barraca onde viviam ter ardido

Tudo o que a família tinha estava naquele local.


Uma família de cinco pessoas ficou desalojada esta segunda-feira em Repeses, no concelho de Viseu, depois de o local onde viviam, feito de madeira e chapas de zinco, ter ardido.

Uma fonte dos bombeiros adiantou à agência Lusa que, "quando a primeira viatura chegou ao local, a barraca, feita em madeira e chapas de zinco, estava totalmente tomada pelas chamas".

Os desalojados são uma mulher e um homem, de 31 e 32 anos, e os seus três filhos, de 8, 13 e 14 anos.

O adjunto do comando dos Bombeiros Sapadores de Viseu, Rui Poceiro, refere que tudo o que a família possuía "estava naquela barraca", acrescentando que em redor havia "mais duas ou três barracas de familiares" que não arderam.

O casal disse aos bombeiros que o incêndio terá começado "numa salamandra rudimentar alimentada a lenha que servia para aquecimento e de fogão e que estava a funcionar na altura".

O bombeiro referiu ainda que, quando ainda se encontrava no local, contactou a ação social do município, que estará a analisar as necessidades da família.

As chamas foram combatidas por dez operacionais e cinco viaturas dos bombeiros sapadores e voluntários de Viseu.

Os comentários estão desactivados.