Vida

Casa de Ronaldo era tão grande que Georgina "levava meia hora" a voltar para a sala

Namorada de Cristiano Ronaldo lembra momentos mais complicados do início da relação com o craque.


Um dia da estreia do documentário da Netflix 'Eu, Georgina', que contará a história de vida da companheira de Cristiano Ronaldo, há novas declarações da modelo que estão a dar que falar na imprensa internacional.

"A primeira vez que fui a casa do Cristiano, perdia-me cada vez que ia à cozinha buscar água", cita o The Sun, referindo-se a declarações de Georgina para a produção.

A namorada do craque assegura que os primeiros tempos de namoro não foram fáceis uma vez que teve de se adaptar a uma vida de luxo que nunca tinha tido.

"Às vezes, levava meia hora para voltar para a sala porque não conhecia o caminho. A casa era tão grande", lembra.

A modelo conta que, desde criança, sempre esteve "acostumada a morar em apartamentos pequenos", mas afirma que, passado meio ano, "já sabia onde estava tudo".

Cinco anos depois de o romance com o português ter começado, é Georgina quem comanda a casa da família que está a construir com Cristiano Ronaldo.

"Eu, Georgina" estreia amanhã, dia 27 de janeiro, na Netflix, o mesmo dia em que a companheira de CR7 completa 28 anos de vida.

Os comentários estão desactivados.