Sociedade

Portugueses que fiquem menos de 24 horas na Galiza sem obrigação de registo

O esclarecimento surge um dia depois de a região da Galiza ter incluído Portugal na lista de países cujos viajantes têm a obrigação de declarar a sua chegada.


Os portugueses que permaneçam na Galiza menos de 24 horas “não têm obrigação” de declarar a sua chegada àquela comunidade autónoma espanhola, esclareceu esta quarta-feira o Serviço Galego de Saúde da Junta da Galiza.

“O registo de viajantes está pensado para aquelas pessoas que vão estar na Galiza mais de 24 horas“, explicou a Junta, citada pela agência Lusa.

Segundo o secretário-geral Técnico da Saúde da Junta da Galiza, Alberto Fuentes Losada, os portugueses que pretendam permanecer menos de 24 horas em território galego, “seja por trabalho, reuniões, visita”, não estão incluídos nessa medida e “não têm obrigação de se registar”.

O esclarecimento surge um dia depois de a região da Galiza ter incluído Portugal na lista de países cujos viajantes têm a obrigação de declarar a sua chegada à comunidade autónoma espanhola por serem de territórios considerados de “alta incidência” da pandemia de Covid-19.

Os comentários estão desactivados.