Politica

Luís Gomes: "Rio é um homem que representa muito bem o centro"

Luís Gomes é o cabeça de lista do PSD em Faro. Considera que o seu PSD não é de direita e que deve ser “ao centro”.


Luís Gomes, cabeça de lista do PSD em Faro, confessou, numa entrevista ao jornal i, que lhe faz “comichão ouvir que o PSD é um partido de Direita”, admitindo que um dos grandes desafios do partido liderado por Rui Rio é “reencontrar-se com o seu ADN, que é de centro”.

O social-democrata, que foi durante 12 anos presidente da Câmara de Vila Real de Santo António e que tem praticamente garantido um lugar no Parlamento, diz-se de “centro-esquerda”, recordando que levou 300 pessoas a Cuba para serem operadas às cataratas.

Questionado sobre se se sente melhor num PSD de Passos Coelho ou de Rui Rio, Luís Gomes confessa que se sente bem “num PSD que tenha preocupações sociais”, considerando ainda que se criou “o mito” de que Passos Coelho não implementou medidas sociais.

“Passos Coelho teve muitas preocupações sociais. Criou-se o mito de que Passos Coelho, por causa da troika, não implementou medidas sociais. Implementou-as, e eu tive oportunidade de recebê-las no município, para fazer de almofada ao desemprego que na altura se criou por causa da crise do imobiliário. Mas reconheço que Rui Rio tem particular preocupação com as questões sociais”, indicou, considerando que "Rio é um homem que representa muito bem o centro".

Luís Gomes considera ainda que “as pessoas estão desacreditadas da política por causa da falta de compromisso dos políticos” e critica o PS.

“Acho que as pessoas estão desacreditadas da política por causa da falta de compromisso dos políticos. Compromisso no sentido de proximidade às pessoas e de procurarem cumprir o que andaram a prometer. O que o PS tem feito nesta campanha é absolutamente inaceitável. Como é que o PS pode dizer que a saúde no Algarve está bastante melhor do que estava em 2015?”, questiona.

“Confiante” na vitória do PSD nas legislativas de dia 30, Luís Gomes destaca que “a tendência de crescimento do PSD é clara”, mas, “fundamentalmente”, diz estar “confiante” de que “as pessoas entenderam a mensagem do Dr. Rui Rio”.

“Se há gente que está a falar com clareza, transparência, e verdade é Rui Rio”, considerou.

Leia aqui a entrevista na íntegra.

Os comentários estão desactivados.