Internacional

Argentinos aconselhados a deitar droga fora depois de doses contaminadas matarem pelo menos 23 pessoas

Para além das mortes, 84 pessoas encontram-se nos cuidados intensivos.


Autoridades na Argentina estão a aconselhar os consumidores de droga a deitar fora qualquer cocaína que possam ter comprado nos últimos dois dias depois de pelo menos 23 pessoas terem morrido após a ingestão de cocaína adulterada na área da Grande Buenos Aires.

Para além das mortes, 84 pessoas encontram-se nos cuidados intensivos, das quais 20 foram entubadas, mas as autoridades receiam que o número de mortes possa aumentar à medida que mais vítimas sejam encontradas a morrer sozinhas em casa.

Dezenas de vítimas foram salvas depois de terem sido entubadas em unidades de cuidados intensivos normalmente reservadas a doentes com covid-19, disse na quinta-feira o ministro da saúde da província de Buenos Aires, Nicolás Kreplak. "Se não tivesse sido por causa da nossa preparação para a pandemia, o número de vítimas seria muito maior", disse ao jornalistas, fora do hospital Bocalandro.

 

Os comentários estão desactivados.