Sociedade

Vodafone é alvo de ataque informático

Empresa sofreu um ciberataque na noite desta segunda-feira.


A operadora móvel Vodafone foi alvo de um ciberataque na noite desta segunda-feira, 7 de fevereiro. Num comunicado enviado às redações a empressa disse tratar-se de um ataque "deliberado e malicioso com o objetivo de causar danos e perturbações".

"Assim que foi detetado o primeiro sinal de um problema na rede, a Vodafone agiu de forma imediata para identificar e conter os efeitos e repor os serviços. Esta situação está a afetar a prestação de serviços baseados em redes de dados, nomeadamente rede 4G/5G, serviços fixos de voz, televisão, SMS e serviços de atendimento voz/digital", lê-se na mesma nota.

A empresa adianta que, na manhã desta terça-feira, já tinha sido recuperados os serviços de voz móvel, sendo que os serviços de dados móveis estão disponíveis exclusivamente na rede 3G em quase todo o País. Contudo, explicam, "a dimensão e gravidade do ato criminoso a que fomos sujeitos implica para todos os demais serviços um cuidadoso e prolongado trabalho de recuperação que envolve múltiplas equipas nacionais, internacionais e parceiros externos. Essa recuperação irá acontecer progressivamente ao longo desta terça feira".

A Vodafone afirma que até à data, não existem "quaisquer indícios de que os dados de Clientes tenham sido acedidos e/ou comprometidos", mas que a investigação do ato criminoso ainda se irá "prolongar por tempo indeterminado e com o envolvimento das autoridades competentes".

 

Os comentários estão desactivados.