Internacional

Beijo gay aparece em reportagem ao vivo e escapa à proibição de conteúdos LGBT em Singapura

Casamentos entre pessoas do mesmo sexo ainda não são legalmente reconhecidos na China ou em Singapura.


Um beijo entre dois homens apareceu numa reportagem de Singapura sobre a cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno, que estava a passar em direto de um bar de Pequim. O vídeo tornou-se viral, já que o país oprime pessoas da comunidade LGBT.

Na rede social TikTok, o momento do beijo já foi visto mais de 825.000 vezes. "Isto é na verdade um acto de revolução", escreveu um utilizador. O vídeo também tem sido amplamente partilhado no Weibo, uma popular plataforma de comunicação social na China.

É o olhar dado por um dos homens, que posa directamente para a câmara após o beijo, que chamou a atenção de muitas pessoas, disse um representante da Kaleidoscope NTU, um grupo formado por estudantes da Universidade Tecnológica de Nanyang para aumentar a consciência da discriminação com base na orientação sexual, bem como do género, raça e classe.

"Não sabemos quem é este tipo, claro, por isso não sabemos se ele sabia que eles estavam a beijar para a televisão especificamente ou apenas para uma câmara em geral", disse a mesma fonte, segundo o The Guardian.

Tanto em Singapura quanto na China, onde os casamentos entre pessoas do mesmo sexo ainda não são legalmente reconhecidos, as comunidades LGBT continuam a enfrentar sérios desafios políticos e sociais. 

@starrie7777 they can’t censor the ending pose 😍🏳️‍🌈🏳️‍⚧️🌈#singapore #channelnewsasia #cna #lgbt #lgbtq #gay #gaykiss #slay #beijing2022 #winterolympics ♬ Unstoppable - Sia
Os comentários estão desactivados.